Índice de Transformação Digital

O Índice de Transformação Digital do Brasil tem como principal objetivo comparar como as transações da economia brasileira estão ocorrendo no universo digital, em relação a um conjunto de países selecionados, como forma de acompanhar o desenvolvimento da migração das relações entre governo, mercado (empresas) e consumidores (cidadãos) para o universo digital.

Selecione o país:
Valores de referência:
País
Geral
Dinamarca
71.1
49,9
64,6
85,3
84,8
Holanda
67.5
57,0
66,2
72,3
74,6
Suécia
66.3
60,2
69,3
72,8
63,1
Finlândia
64.2
60,1
62,0
65,0
69,7
Islândia
64.1
40,6
52,2
80,4
83,4
Noruega
59.4
39,4
52,9
76,5
68,7
Estados Unidos
59.1
58,2
55,1
61,8
61,4
Reino Unido
58
51,4
43,7
74,8
62,3
Austrália
54.9
38,8
51,7
59,2
69,7
10º Estônia
53.7
45,1
36,8
52,4
80,3
11º Luxemburgo
53.3
47,7
47,7
61,6
56,1
12º Canadá
53.2
42,9
58,8
66,2
44,9
13º Irlanda
52.7
57,9
49,3
49,8
53,6
14º Coreia do Sul
51.9
48,5
26,7
68,5
64,0
15º Suíça
51.6
54,1
38,9
60,5
52,8
16º Nova Zelândia
49.1
41,3
54,0
66,3
34,7
17º Malta
48.8
43,7
47,0
32,5
71,9
18º Japão
48.4
64,1
39,5
43,4
46,7
19º Bélgica
48.2
35,7
57,9
47,7
51,4
20º Áustria
48.1
38,5
50,2
40,7
62,9
21º Alemanha
47.8
42,2
47,4
53,3
48,5
22º França
44.4
46,9
37,1
42,0
51,7
23º Israel
44
59,5
32,7
53,9
30,0
24º Lituânia
43.3
27,2
46,6
38,9
60,5
25º Espanha
43.1
34,5
41,9
42,7
53,5
26º República Tcheca
41.7
42,8
37,5
34,9
51,5
27º Chile
40.1
30,1
38,3
39,9
52,1
28º Croácia
39.7
32,3
46,2
38,5
41,8
29º China
38.6
48,5
26,1
61,2
18,8
30º Letônia
38.3
26,7
30,9
39,7
55,8
31º Romênia
38
35,5
39,9
25,8
50,9
32º África do Sul
38
33,3
39,1
54,7
24,8
33º Eslováquia
36.1
41,0
30,0
33,0
40,5
34º Uruguai
35.5
40,2
25,8
60,2
15,7
35º Eslovênia
35.5
29,2
38,3
30,8
43,5
36º Itália
35.4
30,3
35,5
27,6
48,1
37º Portugal
34.7
34,6
33,4
32,6
38,2
38º Bulgária
34.5
28,2
26,3
57,4
26,0
39º Polônia
32.2
33,2
20,7
23,9
50,9
40º Argentina
31.5
27,1
33,2
21,6
43,9
41º Hungria
30.7
45,4
17,7
34,0
25,7
42º Brasil
30.2
35,2
36,9
25,6
23,2
43º Paraguai
30
27,0
50,8
36,6
5,5
44º Índia
29.7
30,0
37,4
27,6
23,9
45º Arábia Saudita
29.4
30,1
29,1
25,2
33,3
46º Grécia
28.1
28,5
16,4
25,1
42,4
47º Rússia
28
36,6
28,2
43,4
3,8
48º México
27.6
26,9
41,5
15,7
26,2
49º Chipre
26
25,8
23,4
19,2
35,4
50º Indonésia
23.9
31,4
23,6
29,0
11,5
51º Turquia
21.6
15,6
17,8
24,0
28,9
52º Suriname
20.9
24,9
24,0
23,6
11,1

Dimensões

Sobre

As mudanças ocorridas ao longo dos últimos 20 anos, a partir da massificação da internet e do barateamento dos custos de infraestrutura tecnológica, tem levado a uma profunda modificação das relações físicas entre empresas, governos e cidadãos que cada vez mais migram suas atividades para o universo digital. A transformação digital assume um papel estratégico na geração de novos negócios, captura de valor de mercado e desenvolvimento econômico das nações. A migração dos modelos tradicionais de negócios para novos modelos de negócios baseados em oferta digital de serviços e produtos tem modificado a base de concorrência internacional, tornando os negócios digitais cada vez mais dominantes e relevantes no contexto de competição internacional. Desta forma, acompanhar os movimentos da economia para compreender como este fenômeno tem impactado as relações entre governos, empresas e cidadãos no Brasil torna-se estratégico para formulação de políticas públicas que amplifiquem os efeitos positivos da digitalização e atue nas limitações para democratização do acesso, participação e segurança dos dados, principalmente.

Saiba mais Download dos dados